Campanha de Crowdfunding

Comunicado de imprensa — Iniciativa de Cidadania Europeia pelo Rendimento Básico (basicincome2013.eu) — 6 de Novembro de 2013

PARA DIVULGAÇÃO IMEDIATA

O Movimento Europeu pelo Rendimento Básico lançou ontem uma campanha de crowdfunding online com o objetivo de tornar o Rendimento Básico o tópico político mais falado na Europa

Com o lançamento de uma campanha de crowdfunding online para ajudar a financiar a recolha de um milhão de assinaturas para a Iniciativa de Cidadania Europeia pelo Rendimento Básico Incondicional (RBI), cidadãos europeus juntam-se para tornar o RBI mais próximo da realidade.

O rendimento básico incondicional é uma nova forma de segurança social real, para todos os cidadãos. É uma quantia mensal incondicional, paga pelo estado a cada cidadão - rico ou pobre, novo ou velho, empregado ou desempregado. O Rendimento Básico está pensado para proteger os cidadãos da pobreza e das consequências nocivas do desemprego, sem sacrificar a sua dignidade, privacidade ou tranquilidade.

"Os ativistas do rendimento básico passaram a maior parte de 2013 a criar um movimento popular pelo rendimento básico espalhado por 28 países da Europa. Tenho orgulho em afirmar que praticamente todos os países europeus têm agora um grupo nacional do rendimento básico, websites, e pessoas nas redes sociais a promover a ideia", diz Visnja Zeljeznjak, a coordenadora da campanha de crowdfunding para a Iniciativa de Cidadania Europeia pelo Rendimento Básico. "Ao longo dos últimos oito meses, dezenas de artigos sobre o rendimento básico foram publicados, quer nos canais mediáticos, quer nos media alternativos, a um ritmo nunca antes visto. Agora que a Europa está a vibrar de agitação sobre o rendimento básico, queremos colher esta  oportunidade única para alcançar milhões de cidadãos europeus e tornar o rendimento básico num tópico político que não poderá ser ignorado".

Apesar deste sucesso, o desafio de organizar um movimento à escala da Europa pelo rendimento básico, e ao mesmo tempo recolher o total de um milhão de assinaturas requeridas, com recursos limitados e praticamente sem fundos, tem-se mostrado difícil de conciliar. Por essa razão, a iniciativa lança agora uma campanha de crowdfunding, com o objetivo de financiar a promoção da iniciativa e a recolha das 874.000 assinaturas restantes, até  14 de Janeiro de 2014, prazo final para esta iniciativa. O crowdfunding é um método de recolha colaborativa de fundos através de pequenos donativos modestos de muitos apoiantes, recorrendo a plataformas online especializadas para tal. A página de crowdfunding da iniciativa encontra-se em http://funding.basicincome2013.eu/, onde apoiantes do rendimento básico podem doar em segurança com um cartão de crédito. Começou a 6 de Novembro de 2013 e vai decorrer até 20 de Novembro, a campanha tenciona recolher 15.000 euros. Qualquer donativo desde 1 até 499 euros será aceite. Brindes de apreciação foram preparados para todos os apoiantes.

"É perfeitamente possível recolher 800.000+ assinaturas em apenas algumas semanas, usando somente o poder imenso da Internet", afirma Zeljeznjak. "Outras Iniciativas de Cidadania Europeia que foram bem sucedidas, tal como a recentemente concluída iniciativa "Right2Water" (contra a privatização da água), também recolheram 80% das suas assinaturas nos últimos meses da sua campanha, essencialmente online. Temos também dados e indicativos fortes, bem como provas concretas da experiência de países na nossa iniciativa, por exemplo a Croácia e a Slovenia que já atingiram a sua quota nacional de assinaturas, que a Internet é o meio mais eficaz de atingir as pessoas e conseguir o objetivo de um milhão de assinaturas."

A campanha de crowdfunding foi lançada ontem, 6 de Novembro, por volta das 17 horas, e menos de 24 horas depois, conta já com mais de 12.000 euros em donativos (80% do objetivo). Ontem à noite os ativistas foram surpreendidos com um donativo individual de 7.500 euros, feito por um cidadão americano que pediu para permanecer anónimo, não deixando contudo de enviar aos ativistas a seguinte mensagem:

"Esta é a campanha que eu estava à espera. Já queria há muito apoiar o Rendimento Básico mas estava hesitante em relação a fazer donativos consideráveis a grupos RBI porque muitos dos seus esforços não me pareciam envolver ações concretas capazes de atingir o objetivo. Esta campanha parece ter uma boa hipótese de fazer esta ideia avançar substancialmente.

Eu (obviamente, tendo em conta o valor do meu donativo) dei-me bem financeiramente e não tenho necessidade de um Rendimento Básico para mim, mas prefiro viver num mundo onde as pessoas não são forçadas a trabalhar em empregos que detestam, ou a terem que viver na rua e passar fome. Apesar de toda a retórica acerca dos mais ricos, eu sei que não estou sozinho nisto. Como cidadão dos Estado Unidos, eu sei que provavelmente o Rendimento Básico não vai acontecer aqui tão cedo, mas se acontecer em qualquer outro lugar, os resultados vão servir como exemplo para o resto do mundo."


Contactos para mais informação:

Roberto Merrill, coordenador em Portugal da Iniciativa de Cidadania Europeia pelo Rendimento Básico
tel: (+351) 917-080-519, email: nrbmerrill@gmail.com

Visnja Zeljeznjak, coordenadora da campanha de crowdfunding para a Iniciativa de Cidadania Europeia pelo Rendimento Básico
tel: (+385) 95-906-0522, email: contact@basicincome2013.eu

Sobre a Iniciativa de Cidadania Europeia pelo Rendimento Básico (ICE-RBI):

A Iniciativa de Cidadania Europeia pelo Rendimento Básico (www.basicincome2013.eu) é uma rede de vários grupos e organizações pelo rendimento básico na Europa. Em Janeiro de 2013, o coletivo lançou uma ICE chamada "Rendimento Básico Incondicional (RBI) - Explorar um caminho em direção a condições emancipatórias de bem-estar na UE", cuja finalidade é "pedir à Comissão para incentivar a cooperação entre os Estados-Membros (de acordo com o artigo 156º do TFUE) com o objetivo de explorar o Rendimento Básico Incondicional (RBI) como uma ferramenta para melhorar os seus respetivos sistemas de segurança social". O coletivo conseguiu iniciar um movimento pelo rendimento básico cobrindo 28 países Europeus e está agora a trabalhar na recolha de um milhão de assinaturas como declarações de apoio ao rendimento básico na Europa.

Ver http://basicincome2013.eu/ubi/press-kit/ para o logótipo da Iniciativa.